22.8.17

É doce ou drink?

De picolé de mimosas até pirulito de vinho! Tem várias formas divertidas (e lindas) de servir um birinight, como um drink de boas vindas, uma bossa no casório ou numa festa qualquer. Inspirem-se e tim tim! (Daqui e daqui)
Chocolate drink e sorvete com cerveja (de gengibre) (Daqui e daqui)
Geladinho alcoólico e shots no biscoito moldado. (Daqui e daqui)
Margarita na forma de gelatina ou milkshake. (Daqui e daqui)
Pró seco com algodão doce e jujubas de champanhe. E tem receita molinha de gummy bears de vodka aqui. (Daqui e daqui 

21.8.17

Cozinha sem armário.

Uma cozinha planejada ou um projeto de marcenaria não são lá muito baratos e uma cozinha sem armários pode ser um problema. É, pode. Mas tem montes de opções de armazenamento para as louças, talheres e mantimentos que são super charmosas e não requerem portas nem gavetas. Aliás, algumas dessas dicas serão ótemas para apartamentos pequenos, pela falta de paredes, seja a cozinha do tipo americana ou não. Mas vale também se for só para dar uma renovadinha na decoração. Então vãobora. Para uma dispensa ou para guardar os pratos e copos, prateleiras, deixando tudo à mão. (Daqui)

Dá para usar uma estante básica ou reciclar uma antiga. (Daqui e daqui)
Dá para organizar em cestas, jarros e potes. (Daqui, daqui, daqui e daqui)
Dá para usar um pegboard e uma tela aramada. (Daqui e daqui)
Ou móveis do mesmo material (e ó o porta-jogo americano). (Daqui e daqui)
Dá para fazer diferentes composições de nichos ou estantes. (Daqui e daqui)
Dá para usar caixotes ladeados ou empilhados. (Daqui e daqui)
Dá para montar um porta-pratos ou abusar dos ganchos. (Daqui e daqui)
E dá até para dar um novo uso a uma porta ou escada. (Daqui e daqui)

19.8.17

Serve na casquinha!

Não vou falar de cakepop ou canudinho de doce de leite, mas esse post crocante é para dizer que nem só de sorvete se recheia uma casquinha. Dá para servir várias coisas, seja doce ou salgado, deixando a mesa diferente e charmosa. Para começar, vamos só de função decorativa: casquinha no lugar de vasos para abrigar mini arranjos de flores. Fica super delicado e vale como um enfeite, lembrancinha de maternidade ou simplesmente um mimo. Mas bora para as opções comestíveis? (Daqui)


Cupcake. (Daqui)
Macarons e algodão doce. (Daquidaqui)
Café! (Daquidaqui)
Barrinha de arroz. (Daqui
Brigadeiro. (Daqui)
Frutinhas e balas. (Daqui e daqui)
Pipoca. (Daqui
Até macarrão ou salada. (Daqui e daqui)
Mas se for servir sorvete, que tal na versão tacos ou mini? (Daqui e daqui)
Ou enfeitado com granulados, como nesse "cacto" fofonildo? (Daqui e daqui)

18.8.17

Decô de apartamentos pequenos: dica 5.

A quinta (e última) dica para decoração de apartamentos pequenos é: foque na iluminação! Garanta o máximo de luminosidade para que o espaço pareça mais leve, arejado e consequentemente maior. (Daqui
Aproveite a luz natural e faça um uso inteligente da iluminação artificial. As lâmpadas brancas até aumentam o espaço, mas fazem com que ele fique mais frio, então é melhor usar as de tom amarelado de forma pontual, como num abajur ao lado da cama. (Daqui)
Usar espelhos é um ótimo truque, porque como refletem a luz, acabam iluminando lugares escuros. Prender alguns jogos de espelhos pequenos na parede cria pontos de luz e de quebra dá uma bossa na decoração. (Daqui)
Mas eles também são ótemos para dar uma sensação de continuidade. Daí que colocar um atrás do sofá vai refletir todo o resto do ambiente e vai parecer (às vezes até o dobro) maior. (Daqui)
Colocar espelhos longos nos lados da cama cria uma ilusão de ótica, dando a impressão de que o quarto é mais largo. Mas se quiser que um corredor, por exemplo, pareça mais longo é só colocar um no fim da parede. (Daqui)

17.8.17

Decô de apartamentos pequenos: dica 4.

A quarta dica para decoração de apartamentos pequenos é: fique atento à escolha dos móveis! (Daqui)
Com um pouco de planejamento e uma seleção de peças inteligente, qualquer cantinho pode ser bem aproveitado. (Daqui)
Usar móveis baixos e longos, que acompanham as linhas horizontais da parede, valoriza a amplitude. (Daqui)
Encostar a mesa na parede ou optar por uma redonda gera mais espaço de circulação. (Daqui)
Outro truque é escolher móveis dobráveis. Assim, camas, sofás e mesas podem ser guardados para liberar espaço. (Daqui)
E um mesmo cômodo pode ter várias funções, como sala de estar/jantar ou escritório. (Daqui e daqui)
Bancos e móveis pequenos são realmente coringas, porque viram mesa lateral e de apoio, além de lugares extras para as visitas. (Daqui)
A máxima aqui é abusar da multifuncionalidade. Peças 2 em 1, como a escada que também é estante ou a estante que divide o espaço, combinam praticidade e organização. (Daqui).

16.8.17

Decô de apartamentos pequenos: dica 3.

A terceira dica para decoração de apartamentos pequenos é: aproveite todo cantinho que puder! Se a altura do pé direito permitir, use os espaços aéreos e faça um mezanino.(Daqui)
Com a cama suspensa se cria um cômodo extra e, quem diria, dá até para ter um closet ou um quarto de hóspedes! (Daqui e daqui
Aproveite os espaços verticais para guardar o que der. Na falta de armários, prateleiras, nichos e ganchos serão seus melhores amigos. (Daqui e daqui)
E crie compartimentos secretos, como baús, camas e escadas com gaveta. Mas não esqueça que organização é a palavra chave. Não tem como, ainda mais na falta de paredes, tem que manter tudo arrumadinho! (Daqui

15.8.17

Decô de apartamentos pequenos: dica 2.

A segunda dica para decoração de apartamentos pequenos é: cuidado com as divisórias! Sabe apartamento com metragem reduzida que tem 2, 3 quartos? Os cômodos acabam ficando micros, com paredes demais e espaço de menos. Mas por conta de privacidade e setorização dá para separar os ambientes, como a cozinha ou o quarto da sala, mas de uma forma que ainda fiquem integrados. As divisórias de vidro, por exemplo, dão a impressão de um espaço maior e permitem a entrada de luz natural, como nessa cozinha americana com tanta carinha de café que até vitrine tem! ♥ Mas existem montes de outras formas de fazer uma divisão de forma leve e aconchegante. (Daqui)
Com divisória de madeira e vidro. (Daqui
Ou só com ripinhas de madeira. (Daqui)
Deixando apenas meia parede. (Daqui)
Delimitando com cores e revestimentos. (Daqui)
Com desníveis de piso. (Daqui)
Usando uma rede. (Daqui)
Ou uma cortina. (Daqui)
Com móveis, como uma bancada. (Daqui)
Ou uma estante vazada. (Daqui)
E até com jardineira. (Daqui)